7 de out de 2008

à deriva






hoje a milie propôs pra minha turma um exercício de deriva, foi bem bacana, não aconteceu seguindo todas as regras, mas rolou bastante. 


eu passei por lugares que nunca havia passado e que provavelmente não passaria nunca, à pé, non.

conversamos muito sobre experiências urbanas diversas. essa conversa pra mim é sempre muito boa.

6 de out de 2008

tempos de novas


com rede, plantinhas, pratileiras caídas, duas janelas num, uma tampa de fogão torta, um banho gelado bom, um pé de croto e lá vou eu descobrindo o que é morar só mesmo que com um cariño constante.

ah. a janela prossegue com sua linda vista para os meus olhos.